Banner
Banner
Banner
Banner
Beach Tennis
Beach Tennis: Chaparro é terceiro no ITF 10k Royan, na França
Notícias - Beach Tennis
Ter, 15 de Agosto de 2017 13:01

N.1 do ranking gaúcho espera subir no ranking mundial

alt

Vinicius Chaparro volta de um período de disputas na Europa com bons pontos na bagagem. Pontuação que pode lhe render um crescimento no ranking mundial do beach tennis. No ITF 10k Royan, na França, no final de semana passado, o gaúcho chegou à semifinal.


Ao lado do francês Theo Irigaray, Chaparro foi eliminado pela dupla formada pelo espanhol Antomi Ramos e pelo italiano Tommaso Giovaninni por 2x0, parciais de 6/4 e 6/3. O espanhol e o italiano, aliás, foram os campeões do torneio ao superarem a dupla italiana Luca Cramarossa e Michele Cappellett na final.


Outros pontos foram conquistados no Mundial da Cérvia, na Itália, no qual Chaparro disputou partidas de dupla mista (com a brasileira Marcela Vita) e de masculina profissional (com Theo). Ao lado de Theo, o gaúcho chegou às oitavas de final.


“Somando os pontos conquistados nestes dois torneios importantes, devo pular algumas casas com a próxima computação e divulgação ITF”
, acredita.


O próximo desafio é em setembro, no Equador, onde jogará o ITF 35mil dólares, na cidade de Santiago de Guayaquil.



Texto: Nathália Ely/Travinha Esportes

Foto: Divulgação

 
Beach Tennis: Número 1 do RS embarca para desafios na Europa
Notícias - Beach Tennis
Qui, 27 de Julho de 2017 18:33
Chaparro embarca para Itália e França onde disputa a Copa do Mundo e a etapa ITF Royan 10k
alt

O número 1 do ranking gaúcho, Vinicius Chaparro, embarca na próxima segunda-feira (31.07) rumo à Europa onde joga dois torneios importantes: a Copa do Mundo da Cérvia, na Itália e o ITF de Royan com premiação de 10 mil dólares. Ao lado de Theo Irigaray, atleta da seleção francesa de beach tennis, Chaparro busca em sua quinta participação na Copa do Mundo um bom resultado para destacar-se mais ainda no ranking mundial, onde ocupa a 29º posição. Em 2014, terminou em 10º lugar na competição.


“A expectativa é boa. Carrego na bagagem quatro participações na Copa do Mundo e com o passar dos anos conquistamos tranquilidade e experiência. Isto pode se tornar um fator determinante nas partidas”,
conta Chaparro que entrará em quadra pela primeira vez ao lado do francês, Irigaray. “Por mais que nunca tenhamos jogado juntos, confio e gosto do estilo do jogo do Theo. É bem parecido com o meu. Bastante velocidade. Acredito que vamos incomodar bastante os adversários”, adianta o gaúcho.


A preparação técnica do atleta ganhou novo reforço com Gabriel Cidade, colega de profissão. Com bastante treino físico somado aos treinos de quadra, Chaparro vive um bom momento e embarca para os próximos desafios sentindo-se ainda mais produtivo. “Sempre cuido com atenção esta parte, pois é o diferencial no esporte de alto rendimento”, conta.


Em 2017, Chaparro apresentou bons resultados subindo ao pódium nos seguintes campeonatos disputados: 3º lugar no ITF 10k de João Pessoa; 2º lugar no ITF 2.500 em Lugano, na Suíça; 3º lugar no ITF 2500 em Balneário Camboriú; 3º lugar no ITF 10k em Maceió, além de conquistar a etapa de Porto Alegre, válida pelo campeonato estadual.



Texto: Luiza Borges/Assessoria em Comunicação

Foto: Arquivo Pessoal/Chaparro

 
Beach Tennis: Brasil é vice-campeão mundial
Notícias - Beach Tennis
Seg, 17 de Julho de 2017 13:03
alt

A equipe brasileira profissional de beach tennis sagrou-se vice-campeã e o time sub-14 terminou em terceiro lugar neste domingo (16.07) no mundial de beach tennis em Moscou, na Rússia.


Os profissionais foram superados pela Itália na final por 2 x 0 e a equipe sub-14 venceu a Lituânia por 3 x 0 na decisão do terceiro lugar.


No primeiro jogo da decisão, Joana Cortez e Rafaella Muller fizeram um jogo muito equilibrado, mas foram superadas pelas italianas Sofia Cimatti e Flaminia Daina por 2 sets a 1, com parciais de 5/7, 6/4 e 6/4.


No segundo jogo, Vinicius Font e Diogo Carneiro não resistiram e perderiam para os italianos Luca Cramarossa e Marco Garavini por 2 sets a 1, com parciais de 6/2, 5/7 e 6/2.


Esta foi a sétima participação brasileira em mundiais. A Seleção já conquistou um título e três vice-campeonatos.


Sub-14


No primeiro confronto da sub-14, Antonia Thompson de Souza e Luana Nery derrotaram as lituanas Morta Marija Matelyte e Marija Visockyte, em dois sets, com parciais de 6/2 e 6/1.


Em Seguida, Augusto Paronetto Russo e Giovanni Luz Cariani venceram os lituanos Emilis Jukna e Faustas Luz Cariani por 2 sets a 0, com parciais de 7/6(5) e 6/0.


Nas duplas, Pedro Henrique de Santana e Giovanna Pedrini bateram a dupla da Lituânia formada pelos beach tenistas Nikita Surminas e Marija Visockyte, em sets diretos, com parciais de 4/1 e 4/0.


Esta foi a terceira edição do Mundial sub-14. Nas duas primeiras edições, em 2015 e 2016, a equipe brasileira foi vice-campeã.



Texto: Confederação Brasileira de Tênis (CBT)

Foto: Divulgação

 

TRAVINHA TV

Banner
Banner

Newsletter


Fotos



Copyright © 2017 Travinha Esportes. Todos os direitos reservados.