Banner
Banner
Banner
Banner
Handebol
APAHAND/UCS/Farroupilha sai invicto na primeira etapa do Estadual de Handebol
Notícias - Handebol
Seg, 24 de Abril de 2017 10:35
Jogos ocorreram nessa sexta e nesse sábado em Caxias do Sul

Começou o Campeonato Estadual de Handebol. A primeira etapa aconteceu nessa sexta-feira e nesse sábado (21 e 22.04) nos ginásios do SEST/SENAT e da Escola Santa Catarina em Caxias do Sul, com jogos válidos pelo grupo B da categoria adulto feminino. Depois de três rodadas, APAHAND/UCS/FARROUPILHA foi o único a vencer todos os seus desafios.


A APAHAND/UCS/Farroupilha confirmou o seu favoritismo. A equipe, que se prepara para o campeonato da Liga Nacional, não deu chance às adversárias e ganhou com ampla vantagem seus 3 jogos.


Conforme a Federação Gaúcha de Handebol (FGHb), organizadora da competição, a atleta destaque dessa primeira etapa foi a atleta número 92 da Apahand/UCS/Farroupilha, Thayanne Nogueira Lopes, que marcou 32 gols. Thayanne demonstrou ser uma marcadora muito eficiente e com muita agilidade nos contra-ataques.


Competiram as seguintes equipes: APAHAND/UCS/FARROUPILHA, Canoas Handebol/Ulbra, Clube de Handebol Capão da Canoa (CHCC) e Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS). Já pelo Grupo A, ainda sem data definida para a primeira etapa, disputarão as equipes da Liga Hamburguense de Handebol (LHH), Handebol Feminino de Santa Maria (HFSM), Associação Esportiva Campo Bom (AECB), Clube Cultural Canoense (CCC).


Confira todos os resultados:

altalt


Ao longo do ano, o campeonato vai reunir mais de 1600 atletas em cerca de 200 jogos e em 35 etapas, nas categorias Mirim, Infantil, Cadete, Juvenil e Adulto.

alt


Texto e foto: Morgana Perini/FGHb

Edição: Nathália Ely/Travinha Esportes

 
Gauchão de handebol inicia nesta sexta-feira
Notícias - Handebol
Qua, 19 de Abril de 2017 09:50
alt


Sexta-feira (21.04) é feriado, mas não significa folga para os atletas de handebol do Rio Grande do Sul. Pelo contrário,neste dia, em Caxias do Sul, inicia o Campeonato Estadual de Handebol 2017. A competição, organizada pela Federação Gaúcha de Handebol (FGHb), reunirá, ao longo do ano, mais de 1600 atletas em cerca de 200 jogos e em 35 etapas.


Os primeiros jogos ocorrem pela categoria adulto feminino, nesta sexta e sábado (21 e 22), nos ginásios da Escola Santa Catarina e do SEST/SENAT, em dois tempos de 30 minutos. Competem as seguintes equipes: APAHAND/UCS/FARROUPILHA, Canoas Handebol/Ulbra, Liga Hamburguense de Handebol (LHH), Handebol Feminino de Santa Maria (HFSM), Associação Esportiva Campo Bom (AECB), Clube Cultural Canoense (CCC), Clube de Handebol Capão da Canoa (CHCC) e Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS).


Confira os jogos e os horários desta primeira rodada:


Sexta-feira, 21/04 – Escola Santa Catarina

17h – Clube de Handebol Capão da Canoa x Canoas Handebol/Ulbra

18h30 – APAHAND/UCS/FARROUPILHA x Universidade Federal do Rio Grande do Sul


Sábado, 22/04 – SEST SENAT

9h - APAHAND/UCS/FARROUPILHA x Canoas Handebol/Ulbra

10h30 – Clube de Handebol Capão da Canoa x Universidade Federal do Rio Grande do Sul


Sábado, 22/04 – Escola Santa Catarina

18h15 – Universidade Federal do Rio Grande do Sulx Canoas Handebol/Ulbra

19h30 - APAHAND/UCS/FARROUPILHA x Clube de Handebol Capão da Canoa


EQUIPES

Os técnicos já preparam suas equipes e estão na expectativa para os primeiros jogos. Confira o que eles esperam da competição:


APAHAND/UCS/FARROUPILHA, Gabriel Citton - “Estamos recomeçando um trabalho que esperamos colocar em prática nesta primeira fase do estadual. Ano passado, ficamos em segundo e, este ano, buscaremos a melhor colocação possível. A equipe ainda não teve uma sequência de jogos e, por isso, teremos um pouco de dificuldades neste início. Mas, tenho certeza que iremos evoluir durante o ano. As equipes com as quais iremos jogar são qualificadas e buscam seu lugar na final, igual a nossa equipe”.


Canoas Handebol/ULBRA, Ricardo Gomes Ribeiro - “Neste ano, queremos obter uma classificação melhor do que a de 2016. Não há novidades no grupo quanto a novas contratações, temos apenas a evolução técnica e a experiência adquirida pelo grupo que está mais maduro, tem um bom entrosamento e atletas com grande potencial de decisão. Vamos trabalhar jogo a jogo e enfrentar os adversários com bastante respeito, pois as equipes são muito equilibradas”.


Clube de Handebol Capão da Canoa, Gerson Mello Leal - “Infelizmente tivemos um desmanche na equipe que conquistou o terceiro lugar no estadual do ano passado. Em função disso, estamos montando uma nova equipe e isso demanda tempo. Mas, o grupo adulto tem o reforço das meninas do juvenil e algumas atletas do clube que retornaram a Capão da Canoa. Esperamos realizar uma boa primeira fase e jogar todas as fichas na segunda fase. Chegaremos em Caxias buscando realizar o nosso melhor para o momento”.


Universidade Federal do Rio Grande do Sul, Guilherme Caporal – “Estamos no início da nossa preparação anual e fazendo um controle mais rígido com as atletas. Sentimos um pouco pelo fato da competição ser muito no início do ano e assim apressar muitos processos para estarmos prontos. Penso que assim como em todos os campeonatos, nosso objetivo é fazer o que for proposto e realizar grandes jogos”.



Texto:
Morgana Perini/FGHb

Foto: Fernando Caberlon

 
Brasil defende o título do Pan Júnior Masculino de Handebol
Notícias - Handebol
Sex, 17 de Março de 2017 11:32
Equipe disputa a competição continental no Paraguai a partir de terça-feira (20.03)
alt

Na próxima segunda-feira (19.03), a Seleção Júnior Masculina de Handebol embarca para Assunção, no Paraguai, onde irá disputar o Pan-Americano da categoria, competição que garante vaga para o Mundial deste ano, em julho, na Argélia. A partir de hoje, os 16 convocados pelo técnico Hélio Lisboa Justino, se preparam no Centro Nacional de Desenvolvimento, em São Bernardo do Campo (SP), para defender o título do campeonato.


Com um elenco já bastante experiente individualmente, o desafio é acertar os detalhes da atuação do grupo, treinar o jogo coletivo para enfrentar os adversários do continente. Por falar em experiência, dois atletas tiveram uma bem grande este ano e que pode ajudar muito na performance durante o Pan. O ponta esquerda Guilherme Torriani e o armador direito Gabriel Ceretta fizeram parte da excelente campanha do Brasil no Mundial Adulto da França, em janeiro.


Guilherme, recém-transferido para a equipe Taubaté/FAB/Unitau (SP), acredita que o Brasil possa se sair muito bem no Pan-Americano, aproveitando-se da experiência adquirida por cada um em competições nacionais e internacionais. "A maioria dos atletas atua na Europa e os que jogam no Brasil já disputam os campeonatos adultos e são peças fundamentais nas equipes", destacou.


Muito jovem, o ponteiro agradece a oportunidade de ter integrado a equipe brasileira que foi à França e foi eliminada nas oitavas de final por apenas um gol. Ele acredita que a experiência pode contribuir bastante para as próximas competições das categorias de base. "Ir ao Mundial da França, para mim, ainda é uma coisa que não caiu a ficha, pois estar em uma competição daquele porte com 17 anos foi algo de extrema importância. Poder treinar com o melhores do Brasil e jogar contra os melhores do Mundo foi uma coisa que eu sempre sonhei, e isso me ajudou muito como atleta", pontuou Guilherme.


No Pan, o Brasil integra o grupo B, junto com Chile e Estados Unidos. A outra chave é composta por quatro países: Argentina, Uruguai, Paraguai e República Dominicana. Segundo o jogador, é importante fazer uma primeira fase consistente para chegar melhor às eliminatórias. "Estamos em um grupo de três países, junto de Estados Unidos e Chile, duas equipes boas, principalmente o Chile. Mas, o principal objetivo é nos classificarmos em primeiro para facilitar as coisas lá na frente", revelou Guilherme.


A estreia do Brasil será contra os Estados Unidos, na terça-feira (20.03), às 19h (horário de Brasília). Na sequência, a equipe volta a jogar na quinta-feira (22.03), às 19h30, contra o Chile. As semifinais serão no sábado (24.03) e as finais no domingo (25.03).


Jogos do Brasil


Terça-feira (20)

19h - Brasil x Estados Unidos


Quinta-feira (22)

19h30 - Brasil x Chile


Sábado (24)

Semifinais


Domingo (25)

Finais


Seleção Júnior Masculina de Handebol


Goleiros - Marcos Vinicius Colodeti (São Bernardo/Metodista-SP) e Murillo Araújo Santana (EC Pinheiros-SP).


Armadores - André Gonçalves de Lima Amorim (BM Villa de Aranda-Espanha), Gabriel Ceretta Jung (Anaitasuna-Espanha), Guilherme Leonel Costa da Silva (EC Pinheiros-SP), Leonardo Dutra Ferreira (EC Pinheiros-SP), Patrick André Toniazzo Lemos (FC Porto-Portugal) e Paulo Vinícius Oliveira Cândido (FC Porto-Portugal).


Centrais - Henrique José Petter Solenta (BM Villa de Aranda-Espanha) e Leonardo Abrahão Silveira (EC Pinheiros-SP).


Pontas - Cauê Ceccon Baptista (EC Pinheiros-SP), Guilherme Miguel Torriani (Taubaté/FAB/Unitau-SP), Marcos Vinícius Vieira dos Santos (ADJF/Independência Trade-MG) e Pedro Paulo Alves Júnior (MRV/Unicesumar/Londrina-PR).


Pivôs - Edney Silva Oliveira (PM Maringá/Unimed/Unifamma-PR) e Wagner Tenório Alves (Associação Brasileira 'A Hebraica'-SP).


Comissão técnica


Técnico: Hélio Lisboa Justino

Auxiliar técnico: Joel Teixeira Dutra

Supervisor: Cássio Marques

Treinador de goleiros: Diogo Castro

Fisioterapeuta: Gustavo Barbosa

Coordenador Nacional de Seleções: Washington Nunes



Text: Confederação Brasileira de Handebol (CBHb)

Foto: Confederação Brasileira de Handebol (CBHb)/Arquivo

 

TRAVINHA TV

Banner
Banner

Newsletter


Fotos



Copyright © 2017 Travinha Esportes. Todos os direitos reservados.