Banner
Banner
Banner
Banner
Atletismo
Marcha Atlética: Érica de Sena conquista título inédito para o Brasil no Circuito Mundial
Notícias - Atletismo
Sex, 18 de Agosto de 2017 15:08

Brasileiros no topo do Mundo

alt

Érica de Sena tem motivos para comemorar.Depois de conquistar o recorde sul-americano (1h26min59) nos 20Km de Marcha Atlética no Mundial de Atletismo de Londres no dia 13 de agosto, a brasileira comemora o título inédito do Circuito Mundial, promovido pela Federação Internacional de Atletismo (IAAF). A conquista veio após cinco etapas, a última, justamente o Mundial de Londres.


Para ser campeã é levado em conta a soma das três melhores colocações no ano. Érica venceu as etapas de Monterrey, no México (1h32min07) e de La Coruña, na Espanha (1h29min16) e foi vice-campeã em Ciudad Juárez (México), na estreia da temporada. Além do quarto lugar no Mundial, a brasileira alcançou a mesma posição em Taicang (China). Dessa forma, a atleta somou 34 pontos, seguida pela mexicana Maria Guadalupe González, com 28 pontos, e pela portuguesa Inês Henriques, recordista mundial dos 50 km, com 24 pontos.


Prata no Masculino


Também tem comemoração no masculino. O brasiliense Caio Bonfim ficou com o segundo lugar (25 pontos), superado pelo colombiano Eider Arévalo (36 pontos). Caio foi o único medalhista brasileiro no Mundial de Atletismo em Londres, conquistando o bronze inédito. Além disso, ele venceu a etapa da China e foi sétimo em Rio Maior (Portugal).


Classificação final


Feminina

1-Erica Rocha de Sena (Brasil), 34 pontos

2-María Guadalupe González (México), 28

3-Inês Henriques (Portugal), 24

4-Ana Cabecinha (Portugal), 24

5-Kimberly García (Peru), 23


Masculina

1-Eider Arévalo (Colômbia), 36 pontos

2-Caio Bonfim (Brasil), 25

3-Andrés Chocho (Equador), 25

4-Lebogang Shange (África do Sul), 20

5-Evan Dunfee (Canadá), 19



Texto: Nathália Ely/Travinha Esportes

Foto: Wagner Carmo

 
Atletismo: Brasil tem uma das melhores participações coletivas em Mundial
Notícias - Atletismo
Ter, 15 de Agosto de 2017 13:51
alt


Terminou nesse domingo (13.08) o Campeonato Mundial de Atletismo, realizado desde o dia 04 de agosto em Londres. E o Brasil teve uma das melhores marcas coletivas, ficando em 19º com 21 pontos no geral. Os brasileiros conquistaram lugares em nove provas finais e uma medalha. Caio Bonfim foi bronze nos 20Km Marcha Atlética Masculina.


Em outras três provas, o Brasil teve finalistas que ficaram do 9º lugar ao 12º. Quatro atletas foram semifinalistas e outros dois - Talles Silva e Fernando Ferreira - marcaram 2,29 m no salto em altura e chegaram a um centímetro do recorde pessoal e a dois centímetros da vaga na final.


Campanha brasileira


MEDALHA

Caio Bonfim - bronze na marcha atlética 20 km


FINAL

Erica de Sena - 4º na marcha atlética 20 km

Nair da Rosa - 5º na marcha atlética 50 km

Thiago André - 7º nos 800 m

Rosangela Santos - 7º nos 100 m

Revezamento - 7º no 4x100 m feminino

Geisa Arcanjo - 9º no arremesso do peso

Eliane Martins - 11º no salto em distância

Andressa de Morais - 11º no lançamento do disco


SEMIFINAL

Vitoria Rosa e Rosangela Santos - 200 m

Eder Souza - 110 m com barreiras

Marcio Teles - 400 m com barreiras


RECORDES SUL-AMERICANOS

Rosangela Santos - 100 m feminino (10.91)

Erica Sena - Marcha 20 km feminino (1:26:59)


RECORDE BRASILEIRO

Caio Bonfim - Marcha 20 km masculino (1:19:04)


MELHOR MARCA DO ANO

Revezamento - 4x100 m feminino (42.63 - 42.77 na preliminar)

Revezamento - 4x400 m masculino (3:04.02)


Texto: Nathália Ely/Travinha Esportes

Foto: Ana Claudia Lemos/CBAt

 
Atletismo: Thiago André disputa final dos 800m no Mundial
Notícias - Atletismo
Ter, 08 de Agosto de 2017 11:27
alt

Quatro brasileiros disputam o Campeonato Mundial de Atletismo, em Londres, nessa terça-feira (08.08). Destaque para Thiago André, que participa da final dos 800m a partir das 17h35 (hora de Brasília).


Thiago André conquistou a vaga ao ficar em quarto lugar na série 3 da semifinal. Thiago marcou 1:45.83. Com isso, o Brasil volta a ter um brasileiro na final dos 800m, o que não acontecia desde 2003, quando Osmar Barbosa dos Santos foi o oitavo colocado em Paris.


Na história do Mundial, o Brasil tem três medalhas nos 800m: prata e bronze com Zequinha Barbosa em Tóquio 1991 e Roma 1987, e bronze com Joaquim Cruz, em Helsinque 1983, na primeira edição do evento.


As outras disputas de brasileiras são com Rosangela Santos e Vitória na preliminar dos 200 m, às 15h30, e Geisa Arcanjo na qualificação do arremesso do peso, a partir das 16h40.


Rosangela já participou de uma prova no Mundial. Nos 100m ficou em sétimo lugar, a primeira sul-americana a alcançar esse feito em um Mundial. Ela ainda bateu o recorde sul-americano nas semifinais com 10.91).



Texto: Nathália Ely/Travinha Esportes

Foto: Getty Images/IAAF

 

TRAVINHA TV

Banner
Banner

Newsletter


Fotos



Copyright © 2017 Travinha Esportes. Todos os direitos reservados.