Home Notícias Beisebol Paulista de Beisebol 2019: Gecebs busca o tri seguido
0

Paulista de Beisebol 2019: Gecebs busca o tri seguido

Paulista de Beisebol 2019: Gecebs busca o tri seguido
0
0

Gecebs estreia no próximo domingo (31.03)

Há dois anos eles levantam o troféu do Campeonato Paulista de Beisebol. Na 17ª edição do evento, eles vem em busca do tri seguido, o quarto da história do Gecebs. O time de Arujá começa a disputa no próximo domingo (31.03). O primeiro jogo será a reedição da final do ano passado, contra o Medicina USP. A partida está marcada para as 13h no Estádio Mie Nishi.

“Para esse ano, tentaremos focar no conjunto do time. Pois todo ano estamos agregando jogadores que estão subindo de categoria. E, claro, buscar o 3° campeonato seguido”, afirma Felipe Mitsuro Mizukosi, atleta do Gecebs.

Para tanto, o time tem treinado todos os finais de semana. Como é início de temporada, a equipe tem focado nos exercícios de fundamentos e na quantidade.

Segundo Felipe, o Gecebs tem mudanças para a disputa do campeonato esse ano. Isso porque a equipe sempre tem alterações, principalmente com os jogadores das bases que estão subindo de categoria. A ideia é dar o máximo de experiência na categoria adulta. Aliás, a união e integração são os pontos fortes dos campeões.

“Sempre nos orgulhamos do espírito de equipe do Gecebs, sempre agregando jogadores jovens e experientes”, destaca Felipe.

Motivação

Conquistar as duas últimas edições do Campeonato Paulista é um orgulho para o Gecebs. Mais do que uma pressão é uma motivação para a conquista do quarto título. Além de 2017 e 2018, a primeira conquista do Gecebs foi em 2005.

“Não podemos nos sentir pressionados por sermos atuais bicampeões. Devemos nos orgulhar das conquistas passadas e transformá-las em motivações para continuar mostrando nosso talento”, afirma Felipe.

Outras vitórias que orgulham a equipe de Arujá são a Taça Brasil em 1996 e o Campeonato Brasileiro de Beisebol Interclubes 2017.

Beisebol Paulista

Para Felipe, São Paulo possui um nível alto e competitivo de beisebol “pois é onde se concentram a maioria dos times do Brasil. Isso faz com que a rivalidade dos times seja grande, não existe favorito”.

Nesse sentido, o atleta também é otimista com relação ao desenvolvimento da modalidade.

“Acredito que o beisebol está crescendo e muito, cada vez mais temos páginas nas redes sociais divulgando notícias, jogos, etc.”, afirma.

No entanto, devido a alguns motivos, ele considera complicado imaginar o beisebol tão popular quanto outras modalidades esportivas.

“Difícil imaginar o beisebol no Brasil ser popular como outros esportes, pois temos muitas dificuldades principalmente financeiras, equipamentos necessários, manter o clube, transporte, etc”, conclui.

Gecebs

O time começou em São Paulo com um grupo de jovens vindos da cidade de Bastos em 1958. Os atletas chegaram à cidade grande e não conheciam ninguém. Por esse motivo, formaram um grêmio para manter a amizade e receber os novatos que vinham trabalhar e estudar.

Como não era possível montar um time só com o pessoal de Bastos, aceitaram também jogadores amigos de outras origens e “simpatizantes”. Nesse Grêmio desenvolviam atividades culturais e esportivas, como o beisebol. Por isso o nome, Grêmio Esportivo Cultural dos Estudantes Bastenses e Simpatizantes- GECEBS.

A sede ficava na Rua dos Estudantes na Liberdade. Hoje o time está na cidade de Arujá.

Este ano nos dias 28,29 e 30 de junho haverá o tradicional Torneio Acrilex. Nesse evento será realizada uma homenagem à cultura japonesa e à origem do Gecebs, em celebração aos 60 anos.

 

 

Texto: Nathi Travinha
Foto: Divulgação/Gecebs

LEAVE YOUR COMMENT

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *