Home Notícias Rugby Sábado decisivo: Farrapos recebe Charrua pela vaga na semifinal do Super 16
0

Sábado decisivo: Farrapos recebe Charrua pela vaga na semifinal do Super 16

Sábado decisivo: Farrapos recebe Charrua pela vaga na semifinal do Super 16
0
0

Equipe joga em casa e tem vantagem da vitória no primeiro jogo

Tudo se define neste sábado (29.09). Depois de vencer o primeiro jogo das quartas de final em Porto Alegre (34 x 13), o Farrapos recebe o Charrua para a partida de volta. Além da vitória, o time de Bento Gonçalves tem a vantagem de jogar em casa, no Estádio da Montanha. O que não intimida o Charrua, que promete brigar pela vaga. O duelo gaúcho está marcado para as 15h.

JOGO SERÁ GRAVADO PELO TRAVINHA ESPORTES. OS MELHORES MOMENTOS SERÃO VEICULADOS NA LIVE DO CASAL TRAVINHA NO FACEBOOK DO TRAVINHA ESPORTES. A LIVE OCORRERÁ NA SEGUNDA-FEIRA (1º.10) ÀS 21H.

Sem favoritismo

“Cada jogo é um jogo. Aqui não se ganha com camisa. Aqui tem que entrar e sofrer e viver os oitenta minutos de estresse, de alegria, de frustração e tudo que acontece no jogo”. Essas foram algumas das palavras do técnico do Farrapos, Javier Cardozo após o primeiro confronto das quartas de final.

Javier, inclusive, alertou para erros cometidos pelo time e que seriam corrigidos em três treinos durante a semana.

Assim a equipe de Bento Gonçalves encara as disputas, mesmo tendo um saldo positivo a favor no retrospecto de confrontos entre a equipes. Só em 2018, já foram cinco confrontos. Dois pelo Campeonato Gaúcho de Rugby XV (76 x 19 e 45 x 3 – na final). Três pelo Super 16 (55 x 20, 37 x 5 e 34 x 13). O último embate, no entanto, foi o que teve a menor diferença de pontos.

Segundo o capitão do Charrua, Bruno Pedroso, isso também demonstra a evolução do time na competição.

“A gente espera dar o troco lá na Montanha. A gente tem uma semana para se preparar aí, afiar os pontos negativos, dar uma melhorada. E buscar o resultado, a classificação para a semi”, afirmou o capitão do Charrua, Bruno Pedroso, também após o primeiro jogo.

Para tanto, o trabalho seria duro durante os treinos nessa semana. O objetivo é voltar a ter mais bolas na mão.

Pela semifinal

O desafio é grande para o Charrua. Para chegar à semifinal, os índios precisam derrotar o Farrapos. Além disso, fazer um amplo número de pontos, visto que o primeiro critério de desempate nessa fase é a soma dos pontos (Tries, Conversões, Penais) feitos no agregado dos dois jogos.

Caso ocorra empate nesse critério, segue na competição quem tiver o maior número de tries no agregado dos dois jogos.

Adversário na semifinal

Conforme o regulamento da CBRU, “as semifinais serão jogadas pelos vencedores dos oito jogos das quartas de finais. Para definição do Mando de Jogo a pontuação de cada time na fase de grupos é somada à pontuação dos jogos da Fase Quartas de Finais”.

Dessa forma, os confrontos das semifinais seriam assim: 1ª Classificação Geral x 4ª Classificação Geral e 2ª Classificação Geral x 3ª Classificação Geral.

Sem repescagem

O Charrua já está garantido no Super 16 em 2019. Os índios não precisarão disputar a repescagem. A dúvida se isso poderia ocorrer foi desfeita pela Confederação Brasileira de Rugby (CBRu). Havia a questão de poder enfrentar o Joaca (semifinalista na Taça Tupi). Isso, no entanto, não ocorrerá pois esse item no regulamento esta ligado ao fato de haver 16 times na Taça tupi. O que não aconteceu esse ano. A Taça Tupi 2018 contou com a participação de oito equipes.

Veja os melhores momentos do 1º jogo Charrua x Farrapos – Super 16 – 4as de final:


 

Texto: Nathália Ely/Travinha Esportes
Foto: Kévin Sganzerla

LEAVE YOUR COMMENT

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *