Home Notícias Beisebol Waseda Tour 2018: Em Maringá, Brasil melhora diante do Waseda
0

Waseda Tour 2018: Em Maringá, Brasil melhora diante do Waseda

Waseda Tour 2018: Em Maringá, Brasil melhora diante do Waseda
0
0

Seleção anota Home Run e revela um talento no montinho

A terceira parada da Waseda Tour 2018 foi em Maringá, no Paraná. Cidade que, assim como Bastos (SP) e Presidente Prudente (SP), recebeu a visita da Seleção Brasileira de Beisebol e da equipe da Universidade do Waseda, do Japão. A série de amistosos é em homenagem aos 110 anos da Imigração Japonesa no Brasil. O destaque desse confronto foi e evolução da seleção brasileira.

O jogo

Em Bastos, derrota por called game na 5ª entrada por 15 a 0. Em Presidente Prudente, mais uma derrota por 8 a 0 em 9 entradas. E em Maringá? Perdemos por 8 a 2, mas foi um resultado que escondeu por trás uma bela atuação e uma grande evolução da Seleção Brasileira diante da equipe do Waseda.

Para enfrentar a equipe japonesa, o Brasil trouxe uma novidade no montinho. O garoto de 18 anos, Luis Felipe Santos. E o menino mostrou muito talento estreando na seleção adulta e de quebra abrindo o jogo.

Logo no começo da primeira entrada, o Waseda conseguiu colocar um corredor em bases e a estratégia do seu segundo rebatedor foi o bunt de sacrificio. A tática deu certo, e o Waseda conseguiu abrir o placar e depois segurar o ataque do Brasil com três eliminações rápidas. Terminado com a vantagem de 1 a 0.

Destaque do Brasil na Waseda Tour 2018 em Maringá.

Na segunda entrada, aí sim, começou a aparecer o talento do garoto Luis Felipe Santos. O primeiro rebatedor do Waseda conseguiu uma bela rebatida dupla. Mas depois o garoto de 18 anos do Brasil deu conta do recado no montinho. Ele eliminou os três rebatedores seguintes e zerou o ataque da equipe japonesa. No ataque, o Brasil também teve os seus três rebatedores eliminados.

Na terceira entrada, novamente Luis Felipe deu conta do recado. Mesmo tendo bases lotadas com um eliminado, o garoto conseguiu uma eliminação por strike out. Depois, com bons arremessos e colocando dificuldades para as rebatidas dos japoneses, possiblitou que a defesa brasileira realizasse uma eliminação dupla, zerando o ataque do Waseda. No bastão, os japoneses, como sempre, mostraram muita qualidade técnica e zeraram o ataque brasileiro.

A quarta entrada do Brasil foi a que podemos chamar de entrada perfeita. No montinho Luis Felipe fez duas eliminações rápidas por strike out, enquanto o terceiro rebatedor japonês foi eliminado com um lindo fly no campo central pelo defensor Gustavo Roque.

Na quinta entrada, o nosso jovem pitcher cansou o braço, cedeu 4 corridas, deixando a equipe japonesa enconstar no placar. O que não tirou o brilho da atuação da jovem revelação brasileira.

Depois, no restante do jogo, os japoneses conseguiram anotar mais duas corridas e o Brasil uma. O placar terminou com a vitória dos japoneses por 8 a 2.

Próxima parada é São Paulo

E a próxima e última parada da Waseda Tour será em São Paulo. Nos dias 11 e 12 de agosto, no Estádio Municipal Mie Nishi (Bom Retiro), haverá quatro jogos, sendo dois no sábado e dois no domingo.

No sábado, às 10 horas, a Seleção Paulista irá enfrentar a equipe japonesa. Já o jogo do Brasil X Waseda será à tarde, às 14 horas.

Já no domingo os jogos começam mais cedo: às 9 horas, Seleção Paulista X Waseda e às 13 horas Brasil x Waseda.

O site Travinha Esportes irá transmitir ao vivo via Fan Page do Canal  e no site travinha.com.br/aovivo.

 

 

Texto e fotos: Marcus Travinha/Travinha Esportes

LEAVE YOUR COMMENT

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *