Home Notícias Esportes Paralímpicos Futebol de 5: Ricardinho concorre a melhor do mês pelo Comitê Paralímpico Internacional

Futebol de 5: Ricardinho concorre a melhor do mês pelo Comitê Paralímpico Internacional

Futebol de 5: Ricardinho concorre a melhor do mês pelo Comitê Paralímpico Internacional
0
0

Votação está aberta até dia 09 de julho no site do Comitê

O jogador brasileiro de futebol 5 para cegos, Ricardo Alves, está concorrendo a mais um reconhecimento na sua carreira. Ricardinho está na lista para ser considerado o melhor atleta do mês de junho pelo Comitê Paralímpico Internacional (IPC, sigla em inglês). O craque gaúcho do futebol 5 foi o artilheiro do Campeonato Mundial da modalidade na Espanha, em junho, com 10 gols.

Tricampeão paralímpico e mundial com a Seleção Brasileira de futebol de 5, Ricardinho começou a jogar futebol 5 aos 10 anos. Aos seis anos de idade, ele teve um descolamento de retina que comprometeu a sua visão.

Ricardinho concorre a melhor do mês Como votar

Depois de indicados a partir de submissões de Comitês Paralímpicos Nacionais (NPCs) e Federações Internacionais (IFs), os concorrentes recebem votação popular. Ela está aberta no site do IPC e segue disponível até dia 9 de julho.

Os concorrentes

Além de Ricardinho, concorrem ao atleta do mês, os atletas: a peruana Sevda Altunoluk – goalball; o japonês Shingo Kunieda – tênis em cadeira de rodas; o americano Daniel Romanchuk – atletismo, a norueguesa Birgit Skarstein – remo.

Confira o perfil dos candidatos:

Sevda Altunoluk, Turquia, goalball
Foi artilheira no Campeonato Mundial de Goalball, com 46 goals (tanto entre os homens quanto mulheres), em Malmo, na Suécia. Ela foi uma parte crucial do caminho da Turquia para o sucesso da medalha de prata.

Shingo Kunieda, Japão, tênis para cadeira de rodas
Kunieda ficou invicto ao levar o Japão ao seu terceiro título, no masculino, no BNP Paribas World Team Cup. Uma semana depois, ele também ganhou seu 22º título de Grand Slam em Roland Garros, vencendo todos os seus jogos em sets seguidos para recuperar o ranking número 1 do mundo pela primeira vez desde janeiro de 2016.

Daniel Romanchuk, EUA, atletismo
Romanchuk quebrou o recorde mundial de 5.000m no T54 no Campeonato Suíço no início de junho, depois os 800m de T54 no Arizona Grand Prix, tornando-se o primeiro atleta a chegar abaixo de 1min30.

Birgit Skarstein, Noruega, remo
Durante sua corrida preliminar na Copa do Mundo II em Linz-Ottensheim, Skarstein quebrou o melhor tempo no single skiff feminino da PR1 antes de vencer a final em estilo dominante.

Confira a lista dos vencedores de 2018:

Janeiro – Oksana Masters, Estados Unidos, esqui cross-country
Fevereiro – Mac Marcoux, Canadá, esqui alpino
Março (melhor masculino) – Brian McKeever, Canadá, esqui crosso-country
Março (melhor feminino) – Ekaterina Rumyantseva, Nepal, esqui cross-country
Março (melhor time) – Seleção Chinesa de curling em cadeira de rodas
Abril – Gemma Collis-McCann, Grã Bretanha, esgrima em cadeira de rodas
Maio – Sareh Javanmardi, Irã, tiro esportivo

 

Texto: Nathália Ely/Travinha Esportes
Foto: Marcio Rodrigues/MPIX/CP

LEAVE YOUR COMMENT

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *