Home Notícias Futebol Rodrigo Gral e Fabiano no Resenha Esportiva do Bazkaria Futebol Club
0

Rodrigo Gral e Fabiano no Resenha Esportiva do Bazkaria Futebol Club

Rodrigo Gral e Fabiano no Resenha Esportiva do Bazkaria Futebol Club
0
0

Bate-papo do Bazkaria Futebol Club rolou com muita descontração nessa segunda-feira (11.06)

O papo rolou solto na segunda edição do Resenha Esportiva do Bazkaria Futebol Club. Rodrigo Gral, ex-jogador do Grêmio, e Fabiano Souza, que atuou pelo Internacional, foram os convidados da noite na Pizzaria Bazkaria no Bairro Moinhos de Vento em Porto Alegre. Opinião sobre a busca do hexa da Seleção Brasileira, análise sobre a gestão de futebol, fatos marcantes e histórias curiosas da carreira foram temas abordados ao longo da noite. A intermediação ficou por conta de Fernanda Ponciano e Gustavo Passaia.

Quem viveu os anos 90 da dupla Grenal vai lembrar de uma falsa lesão simulada pelo Fabiano antes de um Grenal em julho de 1997. Uma dividida no último treinamento antes ao Grenal e a saída com joelho enfaixado fez a imprensa noticiar que Fabiano estaria fora do clássico. Tudo, no entanto, não passava de uma encenação já armada. Fabiano não só jogou o Grenal como marcou o gol do jogo e do título do Gauchão 1997. E foi aos risos que ele lembrou dessa história.

Marcando gols em Grenais e formando uma dupla de sucesso com Christian, Fabiano lembrou dos bons momentos e de como até hoje ele pe reconhecido e chamado pelo grito “Uh Fabiano!”. Atualmente o ex-craque atua junto aos consulados no Internacional.

Grenal e profissionalismo

Ainda sobre essa rivalidade, durante o papo, Rodrigo Gral também comentou o quanto o Grenal influenciava na superação ou queda do perdedor.

“Eu cresci no Grêmio ouvindo que o Grêmio era campeão Mundial. A gente entrava em campo com a mística de que Grenal você não podia perder pro Inter. A famosa barca. Perder para o Inter, a barca vai passar e vai todo mundo embora. No meu ponto de vista, uma mentalidade que não agregava muito”, afirma.

Gral crítica essa influência política sobre o esporte e acredita no profissionalismo para manter um time no topo.

“Você está em um clube vencedor, um clube que tem uma história de cem anos, mas você tem que ter um profissionalismo. Você sendo profissional, você tem mais chance de alcançar o objetivo, sem misturar política com futebol. E sim profissionalismo. Porque Barcelona, porque Real Madrid consegue se manter no topo? Porque existe uma escola. Não vai chegar um diretor que se preparou não sei onde e dizer que está errado o jeito que está jogando, vou mudar, por interesses pessoais. Se alcançou tudo e já não fica mais o diretor e sim o Deus”, completou.

Rodrigo Gral também lembrou de fatos marcantes da vida de atleta. Como o gol que marcou a vida dele, também em 1997. Foi pelas oitavas de final da Libertadores contra o Guaraní do Paraguai. Gol que levou a decisão aos pênaltis, vencida pelo Grêmio.

Rodrigo Gral se aposentou há pouco tempo, há cerca de dois meses. E, por enquanto, ainda está aproveitando as férias. Mas está pensando no que fazer daqui apara frente.

Os dois atletas também falaram da importância de saber lidar com os altos e baixos da carreira.

Todo esse bate-papo foi acompanhado de muita descontração e uma pizza maravilhosa. Já estamos no aguardo da Resenha Esportiva do Bazkaria Futebol Club do próximo mês para saber quem serão os convidados especiais.

 

Lembre a 1ª edição do Resenha Esportiva

 

Texto e foto: Nathália Ely/Travinha Esportes

LEAVE YOUR COMMENT

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *