Home Notícias Jogos Olímpicos de Inverno PyeongChang 2018: Abertura dos Jogos Olímpicos de Inverno celebra a paz

PyeongChang 2018: Abertura dos Jogos Olímpicos de Inverno celebra a paz

PyeongChang 2018: Abertura dos Jogos Olímpicos de Inverno celebra a paz
0
0

Atletas brasileiros participaram da cerimônia nessa sexta-feira (09.02)

Estão oficialmente abertos os Jogos Olímpicos de Inverno PyeongChang 2018. Uma bonita e tecnológica cerimônia marcou a abertura do megaevento esportivo na Coreia do Sul. Entre tantas danças, luzes e sons, um simples gesto traduziu a principal mensagem do evento. Coreia do Sul e Coreia do Norte desfilaram juntas, unidas em uma só cor, segurando uma só bandeira, no Estádio Olímpico de PyeongChang. Com certeza o frio abaixo de zero não foi maior do que esse ato, e o aperto de mão entre os dois líderes coreanos, representou.

A bandeira branca com o mapa da península coreana, que uniu os dois países no desfile, foi segura por dois atletas. Chung Gum, do hóquei no gelo e nascida no Norte, e Yunjong Won, do bobsled e nascido no Sul. Os países estão separados desde 1950, após a Segunda Guerra Mundial.

País que criou os Jogos Olímpicos, conforme a tradição, a Grécia foi a primeira delegação a desfilar. A entrada das delegações iniciou após uma programação que mostrou ao mundo um pouco da história e da cultura locais.

Calor brasileiro no inverno coreano de PyeongChang 2018

A equipe brasileira participou do desfile das delegações. Os nove esportistas foram a 33ª nação a entrar. Apenas a patinadora artística Isadora Williams ainda não chegou ao local de PyeongChang 2018. O responsável por carregar a bandeira brasileira foi o piloto do bobsled Edson Bindilatti.

Edson Bindilatti, do bobsled, será o porta-bandeira em PyeongChang 2018

Essa é a quarta participação olímpica de Bindilatti, um dos mais experientes da equipe. Ele pilota os dois trenós brasileiros no Jogos(2-man e 4-man).

“Desfilar com a bandeira do Brasil foi uma emoção imensa. A ficha ainda não caiu. Muita gente no estádio, mais milhões de pessoas me assistindo ter a honra de levar a bandeira do Brasil e fazer a alegria do povo brasileiro. Foi muito legal. Estou sem palavras. Só posso agradecer a todas as pessoas que me ajudaram a chegar até aqui e a poder levantar o nome do bobsled brasileiro”, afirmou o atleta, de 38 anos, nascido em Camamu, no sul da Bahia.

A delegação brasileira é a terceira maior das Américas (atrás apenas de Estados Unidos e Canadá). Entre os 92 países participantes, o Brasil está à frente de 54 em número de atletas qualificados para os Jogos.

Equipe Brasil em PyeongChang 2018

Equipe brasileira participada abertura dos Jogos Olímpicos de Inverno PyeongChang 2018

 

Além do porta-bandeira Edson, compõe o time Brasil: Isadora Williams, da patinação artística, Odirlei Pessoni, Rafael Souza, Edson Martins e o reserva Erick Vianna (bobsled); Michel Macedo (esqui alpino); Jaqueline Mourão e Victor Santos (esqui cross country); e Isabel Clark (snowboard).

A primeira brasileira a competir será Jaqueline Mourão, no dia 15.02, na prova de 10km estilo livre de cross country. Em PyeongChang, a atleta mineira se iguala e Formiga (futebol) com o maior número de participações olímpicas entre as atletas brasileiras. Torben Grael, Robert Scheidt (vela), Rodrigo Pessoa (hipismo) e Hugo Hoyama (tênis de mesa) também têm seis edições de Jogos Olímpicos.

 

JOGOS OLÍMPICOS DE INVERNO 2018

 

Texto: Nathália Ely/Travinha Esportes
Fotos: Abertura: Fanpage PyeongChang 2018

Brasil: Christian Dawes/COB

LEAVE YOUR COMMENT

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *