Home Notícias Esportes Paralímpicos Brasil embarca para disputa do German Open de Judô Paralímpico
0

Brasil embarca para disputa do German Open de Judô Paralímpico

Brasil embarca para disputa do German Open de Judô Paralímpico
0
0

Competição é o primeiro desafio para a seleção em 2018

Hoje é dia de embarque. A delegação brasileira de judô paralímpico viaja, nessa quarta-feira (07.02), para a cidade de Heidelberg, na Alemanha. Lá disputarão o German Open de judô paralímpico. A comitiva brasileira é composta por sete atletas e dois técnicos. O German Open abre a temporada de desafios internacionais para os brasileiros.

Retrospecto positivo e preparação

Os atletas brasileiros tem boas recordações do German Open. Principalmente Wilians Araújo, maior campeão pelo Brasil com três títulos. Ele está entre os convocados esse ano novamente.

Nas últimas quatro participações, o Brasil conquistou 30 medalhas na competição alemã. São sete de ouro, nove de prata e 14 de bronze.

Judocas convocados para o German Open de Judô Paralímpico

As judocas Lúcia Araújo (-63kg), Alana Maldonado (-70kg), e os atletas Thiego Silva (-60kg), Arthur Silva (-90kg) e Antônio Tenório (-100kg) completam a lista dos convocados. O objetivo principal dos competidores brasileiros esse ano é intensificar a preparação para os próximos objetivos que valem pontos no ranking internacional. Competições como o Campeonato das Américas, a Copa do Mundo e o Campeonato Mundial.

“Vai ser uma competição importante para os atletas. Servirá como preparação para as principais competições do ano, o Campeonato das Américas e Mundial. Já há algum tempo estamos trabalhando na renovação da seleção e o Thiego vem participando desse processo. Será um grande desafio para ele”, analisou Jaime Brança, técnico da seleção.

Estreante revelação

O paranaense Thigo Silva, de apenas 19 anos, é uma promessa na categoria ligeiro. Estreante no German Open, ele vai utilizar a competição para estudar os adversários para, no futuro, trazer as medalhas para o Brasil.

“É a primeira vez que eu vou competir no German Open, e estou ansioso tanto para a competição quanto para o treinamento que vai ter lá. É bom que vamos conhecer novos adversários. Apesar de que não vai valer para o ranking, mas é importante para estudar os adversários e é uma honra ser um dos sete convocados, a seleção hoje está com um número de 23 atletas e nesse grupo, junto com os medalhistas paralímpicos é uma honra. Estou muito feliz e espero trazer os melhores resultados nessas competições que vão ter esse ano”, vibrou o jovem.

Depois do German Open, o próximo desafio dos judocas já está agendado. Será o Grand Prix Internacional Infraero de Judô Paralímpico no dia 17 de março, em São Paulo.

 

Texto: Nathália Ely/Travinha Esportes
Foto: Leandro Martins/CPB/MPIX

LEAVE YOUR COMMENT

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *