Home Notícias Beisebol Torneio Nacional de Beisebol: Natal Solaris é o nordeste na Iniciantes 2
0

Torneio Nacional de Beisebol: Natal Solaris é o nordeste na Iniciantes 2

Torneio Nacional de Beisebol: Natal Solaris é o nordeste na Iniciantes 2
0
0

Time joga neste final de semana (02 e 03.12)

O Natal Solaris é o representante nordestino na categoria Iniciantes 2 do 11º Torneio Nacional de Beisebol. Participando pela quinta vez da competição, o time de Rio Grande do Norte traz a descontração como característica principal. Os jogos da categoria ocorrem neste final de semana (02 e 03.12) no CT da Yakult, em Ibiúna, São Paulo.

Descontração é a principal característica do Natal Solaris. É o que garante Judney Cavalcante, diretor e treinador da equipe.

“Também nos cobramos bastante, mas temos um grupo unido dentro e fora do campo que está sempre animado para poder participar de campeonatos e nos divertir”, garante.

Natal Solaris surgiu em 2008 para dar oportunidade de jogar beisebol em uma cidade que ainda não tinha um time. Os primeiros treinos ocorriam em um campinho de futebol, depois nos campos de futebol da UFRN. Hoje eles acontecem no Clube dos Cabos e Taifeiros da Aeronáutica, no município de Parnamirim, vizinho a Natal, onde o clube construiu o primeiro campo de beisebol do Nordeste.

Com o principal objetivo de difundir a modalidade, o Natal Solaris está sempre aberto a novos praticantes.

Na história, feitos a serem comemorados. Como os três títulos da Taça Nordeste. Ele foi também o primeiro time do Nordeste a obter uma vitória no Torneio Nacional Iniciantes (em 2012). No Nacional ainda foi vice-campeão na Iniciantes em 2016.

Apesar de 2017 estar sendo um ano de reconstrução e de não poder ir com todos os melhores jogadores para Ibiúna, Judney acredita que o Natal pode conseguir bons resultados. Mas que o principal é se divertir.

“É um evento esperado o ano inteiro pelo time. Infelizmente a distância e os custos não nos permite levar nosso melhor, mas mesmo com ‘time misto’ temos conseguido bons resultados. No entanto, o mais importante é ir para Ibiúna. É um fim de semana que passamos respirando beisebol, junto aos amigos e longe das preocupações”.

Para medir o nível técnico

O Torneio Nacional de Beisebol promove confrontos que só podem ocorrer nessa competição. Isso porque ele agrega times de diferentes estados. E, dessa forma, ajuda os times a fazerem uma auto-avaliação de como está a equipe tecnicamente.

“Para muitas equipes, o Torneio Nacional é a única oportunidade de jogar com times de fora de suas regiões. É um momento onde o beisebol é o principal, alimentando o objetivo final de cada time que é jogar contra outros adversários. E poder medir em que nível está o trabalho”, destaca.

E é nesse espírito que o Natal Solaris vem se preparando para a competição. Não de uma forma especial, mas os atletas prometem fazer o melhor que puderem.

“Na verdade não fizemos nenhuma preparação especial para o campeonato. Vamos com os atletas que podem ir. O objetivo é fazer o que o professor mandou. Dar o melhor de si e que vença o melhor”, finaliza.

11º Torneio Nacional de Beisebol 2017

Ao total, a competição será realizada em quatro finais de semanas, divididos por categorias.

No primeiro final de semana (28 e 29.10) foram as disputas da Amador Avançado. Nos dias 11 e 12 de novembro foi a vez da Amador. A categoria Iniciante 1 competiu nos dias 25 e 26 de novembro.

Para encerrar a competição, nos dias 02 e 03 de dezembro, a Iniciantes 2.

Serão cerca de 121 jogos, sendo 40 transmitidos pela Travinha TV.

TRAVINHA TV TRANSMITIRÁ AO VIVO PELO 7º ANO CONSECUTIVO pelo link: www.travinha.com.br/aovivo

Conheça um pouco mais da Natal Solaris no Travinha Drops:

Assista à conquista do vice-campeonato do Natal Solaris no 10º Torneio Nacional de Beisebol:

Reportagem: Marcus Von Groll/Travinha Esportes
Texto: Nathália Ely/Travinha Esporte
Foto: Divulgação/Natal Solaris

LEAVE YOUR COMMENT

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

19 − 17 =