0

História do Levantamento de Peso

História do Levantamento de Peso
0
0

A origem

Não é de hoje que homens fortes levantando pesos inacreditáveis são conhecidos por muitos. Atlas, Hércules e Sansão são lendas que comprovam a existência desse esporte muito antes de Cristo.

As lendas também contam que competições entre homens fortes ocorrem há milhares de anos, pois as civilizações primitivas já demonstravam sua força na luta contra animais e outros homens, no ato de erguer e arremessar objetos pesados. Talvez por esse motivo, o Levantamento de Peso é um dos esportes mais antigos, tendo suas origens não muito bem conhecidas.

Uma versão sobre a origem desse esporte vem da China, no ano de 1122 a.C., no final da Dinastia Chow, onde a condição principal para a admissão de um soldado no exército era a aprovação no teste de Levantamento de Peso.

Já uma outra lenda conta que o grego Milo de Crotona carregava diariamente nos ombros um pequeno bezerro que, com o passar do tempo crescia e aumentava de peso, fazendo com que o grego desenvolvesse uma extraordinária força e resistência física.

Entre tantas lendas e versões, o que se sabe é que na Grécia Antiga, no Século VI a.C., surgiram competições, inicialmente com o levantamento de grandes pedras e mais tarde com a prática de exercícios com halteres. Mesmo sendo um esporte muito antigo, o Levantamento de Peso jamais fui incluído nos Jogos Olímpicos da Antiguidade, pois era mais usado como uma forma de preparação para outras competições.

 

 

O surgimento do Levantamento de Peso

O surgimento do Levantamento de Peso como conhecemos hoje, vem do Século XVIII na Alemanha, França, Suíça, Áustria e nos países escandinavos, em demonstrações que ocorriam principalmente nas tabernas. Nas competições, eram adotadas para a sua prática, barras de metal com grandes bolas de ferro ou chumbo fundidos.

A ano de 1860 marcou pelo surgimento dos clubes atléticos de Levantamento de Peso que criaram diversas competições, mesmo com a falta de estrutura e anotação dos pesos levantados, e das diferenças significativas do peso das barras e discos utilizados em cada torneio.

Com a criação de diversos núcleos de Levantamento de Peso em países como Estados Unidos, França, Inglaterra, Alemanha, Polônia, União Soviética, entre outros, o esporte se popularizou e, em 1891, foi realizado na cidade de Londres, na Inglaterra, o Primeiro Campeonato Mundial, com disputas das modalidades de Levantamento com uma e com as duas mãos que contou com a participação de 7 atletas representando 6 países.

A primeira escola de Levantamento de Peso foi fundada em Viena, na Áustria, por Wilhem Turk, campeão do esporte na cidade. Depois foram surgindo as federações. As primeiras foram na França e na Rússia. Em 1896, o Levantamento de Peso era incluído na primeira Olimpíada da Era Moderna, em Atenas, na Grécia. O ano de 1896 também foi o ano que contribuiu para a regulamentação e uniformização do Levantamento de Peso com a fundação do Haltérophile Club de France, pelo francês Desbonnet (foto acima).

O esporte esteve ausente dos Jogos de Paris, em 1900. Quatro anos depois, em Saint Louis, nos Estados Unidos, o grego Péricles Kakousis (foto acima) levantou 111,67 kg e ficou com o ouro. O esporte voltaria a ficar ausente dos torneios olímpicos por mais oito anos, voltando em Antuérpia, na Bélgica, em 1920. Nesses Jogos, pela primeira vez, os atletas foram divididos em categorias segundo seu peso: pena, leve, médio, meio-pesado e pesado.

O atleta que mais obteve sucesso em todos os tempos, foi o turco Nim Süleymanoglu, o qual foi campeão em 1988, 1992 e 1996. O húngaro Imre Földi é o recordista que ficou mais tempo com a melhor marca, de 1960 até 1976, enquanto o americano Norbert Schemansky foi o único que conquistou medalha em quatro jogos, uma prata em 1948, ouro em 1952, e bronze em 1960 e 1964.

O Levantamento de Peso é regido pela Federação Internacional de Halterofilismo (IWF), fundada em 1920, cuja sede atual fica localizado na cidade de Budapeste, na Hungria. Antes, o esporte era organizado pela Federação Internacional de luta livre.

 

 

O Levantamento de Peso no Brasil

A primeira evidência esportiva da modalidade apareceu apenas em 1898, na cidade da São Paulo, quando um grupo de alemães fundou o Deutscher Athleten Klub. Rio de Janeiro e São Paulo foram as cidades que começaram a realizar torneios de maneira organizada na primeira década do século 20. Porém foi só em 1980 que a Confederação Brasileira de Levantamento de Peso foi criada na cidade do Rio de Janeiro.

Dois presidentes brasileiros incentivaram o levantamento de peso. No final do século XIX, o Marechal Floriano Peixoto tinha em seu filho, Floriano Peixoto Filho, um praticante do esporte. Com isso, houve o incentivo para a disputa de torneios no Rio de Janeiro. Mas foi no Estado Novo de Getúlio Vargas (foto acima), na década de 1930, que a modalidade ganhou impulso. O presidente via no levantamento de peso uma alavanca para se constituir um “novo” homem brasileiro. Por isso, ele viabilizou a regulamentação da modalidade e em seu segundo governo, em 1946, autorizou a criação da Liga Força e Saúde, renomeada um ano depois para Federação Metropolitana de Halterofilismo.

A melhor colocação masculina brasileira em uma Olimpíada foi a de Waldemar Viana da Silveira, em Helsinque, na Finlândia, em 1952. Ele levantou um total de 362 kg e ficou na 12ª colocação – a melhor do país em um torneio olímpico.

Nas décadas de 1950 e 1960, Bruno Barabani tornou-se o principal pesista brasileiro. Entre os anos de 1980 e 1990, ele foi sucedido por Edmílson Dantas (foto acima), que participou dos Jogos Olímpicos e Pan-Americanos naquela década.

Maria Elizabete Jorge (foto acima), então com 43 anos, foi a primeira representante brasileira no levantamento de peso em Olimpíadas, durante os Jogos de Sydney, na Austrália, em 2000. A brasileira estreou justamente quando a prova feminina entrou no programa oficial dos Jogos Olímpicos. A mineira conseguiu levantar 60 kg no arranque e 75 kg no arremesso, ficando em nono na categoria até 48 kg.

Em 2011, durante os Jogos Pan-Americanos de Guadalajara, o halterofilista Fernando Reis (foto acima) conquistou pela primeira vez na história de participações brasileiras, uma medalha de ouro, ao levantar o total de 410 kg (185 kg no arranque e 225 no arremesso), quebrando o recorde Pan-Americano.

 

 

 

REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS
– LIVRO: História dos Esportes / Orlando Duarte – 4ª ed. – São Paulo: Editora Senac São Paulo, 2004.
– LIVRO: Universo Olímpico: uma enciclopédia das Olimpíadas / Eduardo Colli. São Paulo: Códex, 2004.
– SITE: Confederação Brasileira de Levantamento de Peso – http://www.cblp.com.br/
– SITE: Federação Internacional de Halterofilismo – http://www.iwf.net/

LEAVE YOUR COMMENT

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

2 + 5 =