Home História dos Esportes Aquáticos Caiaque Pólo História e Regras do Caiaque Pólo
0

História e Regras do Caiaque Pólo

História e Regras do Caiaque Pólo
0
0

A origem do caiaque pólo

O caiaque-pólo tem origem vinda da Inglaterra, por volta do início da década de 1980, quando os praticantes da canoagem de descida de rios e slalom começaram a treinar as técnicas de remadas e controle do barco nas piscinas no inverno, pois os rios estavam congelados ou então em épocas de secas.

Para aprimorar estas técnicas, os canoístas criaram um jogo do qual teve a introdução de uma bola. Com o tempo o esporte foi se aprimorando, foram sendo criadas regras e então os primeiros campeonatos começaram a surgir.

Com a regulamentação do esporte e a sua oficialização dentre as modalidades da Federação Internacional de Canoagem, o caiaque-pólo, que antes era praticado somente na Inglaterra, passou a realizar campeonatos nacionais por toda a Europa, na Austrália, na Ásia e na África do Sul.

O primeiro campeonato mundial realizado foi em 1994, em Sheffield, Inglaterra, com a presença de 18 países, incluindo o Brasil.

 

 

 

O caiaque pólo no Brasil

O caiaque-pólo foi introduzido no Brasil pela equipe que participou do campeonato mundial de 1994, em Sheffield, na Inglaterra. Portanto, a prática do esporte no país é recente, porém, desde 1994, o esporte evoluiu muito por aqui. Já houve uma competição realizada no Brasil que reuniu em dezembro de 1994, oito equipes Européias e da América do Sul. A competição foi organizada pelo Comitê Olímpico Brasileiro (COB).

 

 

 

O jogo

Duas equipes formadas por cinco canoístas cada, competem em uma piscina de 30 x 20 metros, do qual, o objetivo principal é marcar gols na goleira do adversário que medem cada uma 1,5 x 1 metro e são montadas a 2 metros do nível da água. A bola é igual a do pólo-aquático e cada caiaque têm no máximo 3 metros de comprimento.

Para explicar melhor sobre este jogo, vamos comparar o caiaque-pólo com o handebol, pois nele pode-se jogar tanto com as mãos quanto com os remos.

Com as mãos, cada jogador pode ficar apenas 5 segundos com a bola podendo dentro deste tempo ou passar para outro companheiro ou então passar para si mesmo, desde que a bola percorra 1 metro, ou então, pode arremessar a bola no gol.

Os remos servem apenas para empurrar a bola ou para serem usados como defesa. O detalhe que a bola pode ser empurrada pelo remo sem tocá-la.

Os equipamentos obrigatórios que devem ser utilizados são: o capacete, coletes de salva-vidas e uma saia de tecido flexível para que a água não entre na cabine do caiaque.

 

 

 

REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS
– LIVRO: Almanaque dos Esportes, Editora Europa, 2009.
– LIVRO: O que é canoagem, remo e esqui aquático: história, regras, curiosidades: Armando Silveira, Silvia Vieira. Editora: Casa da Palavra, 2007.
– SITE: Confederação Brasileira de Canoagem – http://www.cbca.org.br/
– SITE: Federação Internacional de Canoagem – http://www.canoeicf.com/

LEAVE YOUR COMMENT

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

17 + = 23