Home História dos Esportes Inverno Bobsled Histórias e Regras do Bobsled
0

Histórias e Regras do Bobsled

Histórias e Regras do Bobsled
0
0

O surgimento da Fórmula 1 do gelo

O Bobsled, considerado a fórmula 1 do gelo, nasceu no final do século XIX. Era praticado em Nova Iorque, nos Estados Unidos e em St. Moritz, na Suíça. Foi nesta cidade suíça, no continente europeu, que o esporte se desenvolveu e onde foi criado o primeiro Club de Bobsled, no ano de 1897.

Alguns anos se passaram, e em 1914, as primeiras competições de Bobsled começaram a ser organizadas em várias pistas da Europa, principalmente nos Alpes europeus.

No ano de 1923 foi fundada a Federação Internacional de Bobsled e Tobogã (FIBT).

Em 1924, nos Jogos Olímpicos de Chamonix (foto acima), na França, que foi a primeira edição das Olimpíadas de Inverno, o bobsled de 4 pessoas (4-man) foi incluído como modalidade esportiva. Já o Bobsled de 2 pessoas (2-man) fez a sua estréia em 1932, nos Jogos Olímpicos de Lake Placid, nos Estados Unidos.

A participação feminina neste esporte veio apenas em 2002, nos Jogos Olímpicos de Salt Lake, nos Estados Unidos, na modalidade de 2 pessoas (2-man).

As principais competições que hoje cercam este esporte são: Copa América, Copa Europa, Copa Mundial e Campeonato Mundial, além claro dos Jogos Olímpicos de Inverno que ocorrem de quatro em quatro anos.

 

 

 

Os equipamentos

Os pilotos de bobsled usam os seguintes equipamentos: capacete, uniforme, luvas (opcional), sapatilha, ombreira (opcional), joelheira (opcional) e cotoveleira (opcional).

Abaixo, confira a imagem de alguns destes equipamentos.

 

Capacete

Feito de material resistente, é o mesmo usado no Skeleton.

 

 

Uniforme de competição

É feito com um material elástico super resistente.

 

 

Luvas

Apenas alguns atletas usam. O piloto é um dos que não fazem o uso deste equipamento para poderem pilotar melhor o trenó. Já o rapaz da foto acima, pelo visto, usou a luva mais para homenagear a própria mamãe.

 

 

Sapatilha

São sapatilhas especiais e possuem cerca de 600 agulhas que servem para perfurar o gelo para dar tração e equilíbrio aos atletas.

 

 

 

O trenó

Fabricado com fibra carbono-kevlar e com chassi de aço, o trenó do Bobsled custa em torno de 80 mil reais. Ou seja, não é um esporte para qualquer um querer praticar, tem que ter money no bolso.

Existem dois tipos de trenó: um para a categoria 2-man e outro para a categoria 4-man. Cada um pesa respectivamente 175 e 227 quilos.

Cada um destes trenós atinge a incrível velocidade de 140 km/h com uma força gravitacional de até 4 G’s.

 

 

 

A pista de gelo

A pista de gelo do Bobsled tem um comprimento total de 1.500 metros possuindo de 15 a 19 curvas no total do seu percurso.

 

 

 

Regras básicas das competições de Bobsled

Como citei acima, o bobsled possui duas categorias diferentes. A primeira é a Bobsled de 4 pessoas (4-man) em que só os homens participam. A outra modalidade é a Bobsled 2 pessoas (2-man) em que homens e mulheres participam.

Sabendo isto, abaixo confira as regras básicas de uma prova de Bobsled.

 

A largada

Na largada, os atletas correm cerca de 50 metros, todos em sincronia, e pulam para dentro do trenó. Toda esta distância é percorrida em apenas 6 segundos acelerando o trenó a 40 km/h.

Para correr no gelo em alta velocidade, os atletas utilizam sapatilhas especiais que possuem 600 agulhas que perfuram o gelo, dando tração e equilíbrio aos atletas.

 

 

O piloto

Este é o “cara” responsável por assumir o comando após a largada. Guiando o trenó até a linha de chegada, um bom piloto requer reflexos apurados e memorização do layout da pista.

O piloto controla o trenó com as mãos através de um mecanismo de direção que fica debaixo do cockpit do trenó.

 

 

A chegada

Quando a equipe cruza a linha de chegada, o piloto sinaliza o atleta responsável pelo freio do trenó, chamado de breakman. O breakman puxa o freio e diminui a velocidade do trenó gradativamente.

 

 

O objetivo do Bobsled

O objetivo do Bobsled é cumprir o percurso no menor tempo possível. Uma descida dura geralmente de 50 a 60 segundos e os trenós podem atingir até 140 km/h.

 

 

 

REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS
– LIVRO: The Sports Book, Ray Stubbs, Editora Dorling Kindersley.
– SITE: Confederação Brasileira de Desportos no Gelo – http://www.cbdg.org.br/
– SITE: Federação Internacional de Bobsled e Skeleton – http://www.fibt.com/

LEAVE YOUR COMMENT

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *