Home História dos Esportes Mesa Tênis de Mesa História do Tênis de Mesa no Brasil
0

História do Tênis de Mesa no Brasil

História do Tênis de Mesa no Brasil
0
0

 

A vinda do Tênis de Mesa ao Brasil

Através de turistas ingleses, o Tênis de Mesa desembarcou aqui no Brasil e começou a se desenvolver por volta de 1905, em São Paulo.

Em 1912, foi dado o início das competições organizadas no país quando foi disputado o primeiro campeonato por equipes na cidade de São Paulo, tendo como campeão, o Vitória Ideal Clube.

Até 1938, o Tênis de Mesa aqui no Brasil passou por altos e baixos, quando neste ano, nosso país obteve a sua primeira vitória internacional. Dois anos mais tarde, em 1940, era inaugurada a primeira mesa de tênis do Brasil pelo Clube Atlético Fazenda Estadual.

Em 1941, a antiga Associação de Ping Pong passou a ser Federação de Tênis de Mesa. Materiais esportivos e regras adequadas fizeram o tênis de mesa aqui no Brasil a evoluir.

 

 

O tênis de mesa é oficializado no país

No mesmo ano em que a Associação de Pingue-Pongue mudou para a Federação de Tênis de Mesa, ou seja, em 1941, foi também neste ano em que começaram a surgir os torneios regionais e nacionais de Tênis de Mesa.

Já em 1942, o Tênis de Mesa deu o seu grande passo aqui no Brasil. Atletas cariocas como De Vicenzi, A. Neves e G. Ferreira, junto com os paulistas Bolonga, F. Nunes e W. Silva, aprovaram a tradução das regras e assinaram convênios que levaram o Tênis de Mesa à oficialização pela CBD (Confederação Brasileira de Desporto) que tomava conta dos esportes na época.

Já em 1947, devido aos esforços de De Vicenzi, o Brasil participava do Sul-americano de Mar del Plata, na Argentina, conquistando o terceiro lugar na competição.

Em 1954 depois de alguns sucessos em competições continentais e mundiais, o tênis de mesa do Brasil ficou entre os dez melhores do mundo. Infelizmente a CBD passou a cortar verbas para este esporte, alegando falta de condições financeiras. Com isso, o Brasil caiu tecnicamente.

Antes de tudo isso acontecer, no mundial de Pequim, na China, em 1961, o brasileiro Ubirici Costa (foto acima), conhecido como Biriba, derrotou o atual campeão da época, o chinês, Yung, e ficou entre os melhores do mundo. O mesmo ocorreu com o tenista Ivan Severom, no mundial de Praga, na República Tcheca, em 1963.

Em 30 de maio de 1979, era fundada a CBTM (Confederação Brasileira de Tênis de Mesa), entidade máxima responsável pela modalidade aqui no Brasil.

Em 1988, o Brasil começava a sua participação nos Jogos Olímpicos de Seul (foto acima), na Coréia do Sul. Os representantes brasileiros da época foram os mesa-tenistas Cláudio Kano e Carlos Issamu Kawai.

Atualmente, o Brasil tem mais de 5 mil atletas filiados através de 22 Federações Estaduais.

 

 

O tênis de mesa atual no Brasil e os principais atletas

Detentor de uma longa hegemonia na América do Sul, sendo o único esporte que possui o incrível recorde de quatro títulos consecutivos por equipes nos Jogos Pan-americanos, o Brasil possui grandes atletas. Mônica Doti, Layane Kosaka, Valeska Maranhão, Mariany Nonaka, Gustavo Tsuboi e Tiago Monteiro são os nomes de destaques no Brasil, porém, dois nomes mais abaixo merecem maior atenção.

O tenista Cláudio Kano (foto acima) é um dos grandes atletas que o Brasil já teve. Ele é um dos maiores recordistas de medalhas em Jogos Pan-americanos, sendo 12 ao todo, 7 delas de ouro. Infelizmente, Kano faleceu num trágico acidente de moto, em 1996.

Após retornar do Japão aos 17 anos de idade, Hugo Hoyama (foto acima) era convocado pela primeira vez à Seleção Brasileira de Tênis de Mesa. De lá, só títulos foram conquistados por este brasileiro descendente de japoneses, sendo ele, o maior recordista de medalhas em Jogos Pan-americanos na modalidade.

As conquistas em Pan-americanos foram:

– Campeão individual em 1991 e 1995.

– Campeão de duplas em 1991, 1995 e 2003.

– Campeão por equipes em 1987, 1991, 1995 e 2007.

– Medalha de prata em duplas em 1987.

– Medalha de bronze nas duplas mistas em 1995.

– Medalha de Bronze por equipes em 1999.

– Medalha de bronze individual em 2003 e 2007.

Todos estes títulos acima, apenas de Jogos Pan-americanos, tornaram Hugo Hoyama o atleta brasileiro recordista em medalhas de ouro neste evento desportivo, somando um total de nove.

Além destes títulos, Hugo Hoyama também conseguiu uma grande participação em 1996, nos Jogos Olímpicos de Atlanta, nos Estados Unidos, vencendo o campeão mundial da época, o sueco, Jorgen Persson e conquistando um nono lugar.

 

 

REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS
– LIVRO: Almanaque dos Esportes, Paulo Basso Jr. – São Paulo: Editora Europa, 2009.
– LIVRO: Tênis de Mesa – Teoria e Prática. Welber Marinovic, Cristina Akiko Iizuka e Kelly Tieme Nagaoka  – São Paulo: Editora Ph, 2006.
– LIVRO: História dos esportes/Orlando Duarte. – 4ª ed. – São Paulo: Editora Senac São Paulo, 2004.
– SITE: Confederação Brasileira de Tênis de Mesa – http://www.cbtm.org.br/
– SITE: Federação Paulista de Tênis de Mesa – http://www.fptm.com.br/

LEAVE YOUR COMMENT

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

− 1 = 1